Siga-nos

OiCanadá

Cultura

As ruas de Toronto

Yonge, Bloor, Dundas e King são nomes de ruas importantes de Toronto. Saiba quem foram as pessoas que emprestaram seus nomes à cidade e ficaram imortalizadas.

yonge-and-dundas_ok

Yonge e Dundas em 1926 – Foto: City of Toronto Archives

Políticos

A Yonge Street, que foi considerada a rua mais longa do mundo pelo Livro Guinness dos Recordes, divide a cidade em leste e oeste. O tenente-governador do Upper Canada e fundador de Toronto, John Simcoe, idealizou essa rua em 1793 para facilitar o comércio da região, e decidiu homenagear o Sir George Yonge (1731-1812), membro do parlamento e secretário de guerra do Reino Unido. Yonge era um especialista em estradas romanas.

Uma das inúmeras ruas que cruzam a Yonge é a Dundas. A rua foi construída, também sobre direção de Simcoe, para conectar Toronto (na época chamada de York) com a vila de Dundas, hoje um subúrbio de Hamilton, mas uma importante vila no começo do século 19. O nome da vila foi dado em homenagem ao 1º visconde de Melville, o escocês Henry Dundas (1742-1811). O senhor Dundas foi advogado, e assim como Yonge, foi membro do parlamento e secretário de guerra. Dundas foi o último político britânico a sofrer impeachment, em 1806, por apropriação de dinheiro público.

yonge-and-queen_ok

Yonge e Queen em 1935 – Foto: City of Toronto Archives

Reis e construtores

O nome King Street é uma homenagem ao Rei Jorge III, o monarca britânico que reinava na época da construção da rua, no século 19. Próximo à King, está a Queen Street, que no início era conhecida como Lot Street, em homenagem à Queen Victoria em 1851.

A Bloor Street corre por cerca de 25 quilômetros, cortando a cidade de leste a oeste, que divide Toronto em norte e sul. O construtor inglês Joseph Bloor (1789-1862) veio com sua família para o Canadá em 1819. Bloor chegou a ter um hotel na King Street, abriu uma cervejaria na Sherbourne e ainda fundou a vila de Yorkville em 1830.

yonges-from-bloor_ok

Yonge e Bloor em 1924 – Foto: City of Toronto Archives


5 Comentários

5 Comments

  1. Navarro

    09/fev/2011 at 06:39

    Christian, parabens pela materia, muito legal mesmo. Se for possivel gostaria de uma materia sobre a historia do metro de Toronto, desde quando existe etc. Grande abraço.

    • Martha Rangel

      Martha Lins

      10/fev/2011 at 14:01

      Ola Navarro,

      O Christian não está mais com a gente há alguns meses.
      Mas já estamos providenciando uma matéria sobre o metro.

      obrigada

  2. Júlio Mourão Monnerat

    03/ago/2009 at 08:26

    Prezado Christian Pedersen,

    muito obrigado por estas histórias das ruas de Toronto. Sou arquiteto, moro em Belo Horizonte e logo estarei aí, curtindo as ruas assim como faço aqui.

    Um abraço.

    Júlio

    • Christian Pedersen

      03/ago/2009 at 13:39

      Obrigado pelo comentário, Júlio.
      Toronto é uma cidade muito interessante, com certeza voce vai curtir muita coisa por aqui.

  3. Julieta

    15/abr/2009 at 21:42

    Viva a História! Muito legal ver essas imagens de Toronto, faz a gente viajar no tempo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Christian Pedersen

Christian Pedersen é natural de Santos, São Paulo. No Brasil, trabalhou na gravadora Roadrunner Records, depois abriu um escritório de promoção e marketing para bandas e artistas, tendo clientes como a gravadora BMG, os selos Geléia Geral e Dubas. Christian mudou-se para Toronto em 2002, e virou cidadão canadense em 2007. Escreveu a coluna Conexão C no Brasil News em março de 2007 e, de maio a outubro de 2008, foi editor-interino do jornal. Do fim daquele ano, até outubro de 2010, foi editor e co-fundador do blog OiToronto.

Mais em: Cultura

Receba as novidades do blog por email

Digite seus dados abaixo para assinar nosso boletim e receber todas as novidades do blog em sua caixa postal. É de graça e você pode se descadastrar a qualquer momento.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Posts Populares

Topo