Siga-nos

OiCanadá

Lazer

Festival brasileiro é plataforma para novos artistas

Nomes hoje conhecidos na comunidade brasileira e na cena musical de Toronto como Aline Morales, Luanda Jones e Salviano Pessoa, entre outros, todos tiveram em comum o desafio de tentar construir suas carreiras em outro país e o fato de terem tido a primeira grande oportunidade em terras canadenses através do palco do BrazilFest. Assim como em anos anteriores, o festival que chega a sua 11ª edição pretende ser a plataforma para novos artistas (brasileiros ou não) em 2014.

Salviano Pessoa, cantor e compositor baiano que fez seu primeiro show em Toronto no BrazilFest em 2008, será a atração do festival este ano. O músico conta ser “muito grato ao festival por ter aberto as portas para minha primeira apresentação em Toronto, e isso me deu muita sorte. A apresentação foi em 2008 e, mesmo por motivo de força da natureza e o evento ter sido mudado para uma outra data, foi um show lindo e marcou minha vida como meu primeiro show em Toronto. De lá pra cá foi só alegria e muitos shows pra cantar.” – diz Salviano. “Pra mim, o BrazilFest representa uma oportunidade de poder mostrar o patriotismo mesmo fora do Brasil. É um evento que me faz sentir mais perto do Brasil e, por um dia, me faz parecer que estou no Brasil mesmo estando no Canadá.”

O violonista clássico Marlon Oliveira fez sua estreia no BrazilFest no ano passado, o que também foi a sua primeira grande apresentação no Canadá. Segundo o músico, se apresentar em um festival deste porte “significa abraçar o fato de ser brasileiro e compartilhar isso com uma grande quantidade de pessoas da melhor maneira que eu posso e sei, que é através da música.”, diz Marlon. Para ele, a oportunidade de tocar no festival é fenomenal e tremendamente importante. “Os músicos estão constantemente à procura de um púbico e eles terão uma audiência incrível para mostrar seus talentos.”

Em suas apresentações, Marlon procura gerar curiosidade e interesse naqueles que não estão familiarizados com a música de violão clássico brasileira. “Como músico brasileiro, é um prazer ser capaz de mostrar este lado incrivelmente rico da nossa cultura”, conta o artista que também estará no BrazilFest este ano.

Novatos

A brasiliense Ana Aune se mudou para o Canadá em 2014. Desde sua chegada ao país, Ana vem se apresentando em eventos corporativos e privados, casas de jazz e alguns festivais. O BrazilFest será seu primeiro grande evento ao ar livre em Toronto. “Estou muito emocionada por fazer parte desta edição do BrazilFest! Eu sei como este festival tem sido importante ao longo dos últimos 10 anos, na construção da cena musical brasileira em Toronto, dando a oportunidade para novos talentos mostrarem o que podem fazer.” – diz a cantora. “Meu objetivo é trazer um pouco do sabor de casa para todos os brasileiros que vivem aqui, bem como uma pequena amostra de nossa música para todas as pessoas de outras nacionalidades que passarem por ali.”, conta ela. Ana diz ter escolhido alguns dos maiores sambas de todos os tempos para sua estreia no festival.

O sexteto Too Many Chiefs está se preparando para este que deverá ser o maior público da carreira da banda. “É sem dúvida uma imensa oportunidade de nos promovermos como banda e alcançar mais e mais pessoas”, diz o guitarrista Gustavo Amaral. O plano dos músicos desta banda que faz cover de rock brasileiro dos anos 80 e 90 (além de sucessos atuais), é botar a multidão pra dançar e cantar com um sorriso no rosto, “Se alcançarmos esse objetivo, eles provavelmente irão se lembrar de nós no futuro, o que pode levar a convites ou oportunidades para nos apresentarmos em festas ou eventos privados.” – conta.

“Estrangeiros”

Estando em uma cidade tão multicultural como Toronto, seria impossível produzir um festival que não fosse multicultural. Pensando nisso, o BrazilFest também apresenta músicos de outras origens, como o venezuelano Little Joseph e a canadense descendente de portugueses Nancy Love, que estarão pela primeira vez no evento.

O ‘Lil Jo’ iniciou sua carreira aos 11 anos de idade e, agora, aos 18, está muito contente pela oportunidade de cantar seu estilo rap com reggaeton para os “vizinhos brasileiros”. Segundo ele, assim como brasileiros e colombianos compartilham a palavra “Parcero ‘, ou’ Parceiro ‘, brasileiros e América Latina compartilham outras coisas juntos, “nós temos tantas coisas em comum, que é natural dizer que, na presença da comunidade brasileira, eu estarei cantando para o meu povo e me sentindo em casa.” O jovem diz ver este evento como uma oportunidade para os latino-americanos se reunirem pra se divertir, “Você sabe como é, ‘a união faz a força!’” – comenta Joseph.

Para Nancy Love, a chance de poder se apresentar no BrazilFest significa a oportunidade de ganhar exposição e experiência. A cantora e compositora de 16 anos, cujo vídeo “First Lover” passou a marca de 1 milhão e meio de visualizações no YouTube, quer que o público fique surpreso e se sinta inspirado com sua apresentação. “Quero que eles voltem para casa se considerando meus fãs”, diz Nancy.

O BrazilFest não apresenta apenas música, mas comidas típicas, produtos e serviços, uma área para crianças, além do famoso churrasco e caipirinha.

Serviço

  • O que: Toronto International BrazilFest
  • Quando: 20 de julho, das 11 da manhã às 10 da noite
  • Onde: Earlscourt Park (St. Clair West e Caledônia)
  • Quanto: Gratuito

1 Comentário

1 Comentário

  1. Too Many Chiefs

    17/jul/2014 at 10:47

    Christian, Parabens pelo successo da coluna e por divulgar esse trabalho tão bacana do festival BrazilFest, que realmente tem aberto muitas portas para novos artistas da cena musical de Toronto!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Continue lendo
Publicidade
Leia também...
Christian Pedersen

Christian Pedersen é natural de Santos, São Paulo. No Brasil, trabalhou na gravadora Roadrunner Records, depois abriu um escritório de promoção e marketing para bandas e artistas, tendo clientes como a gravadora BMG, os selos Geléia Geral e Dubas. Christian mudou-se para Toronto em 2002, e virou cidadão canadense em 2007. Escreveu a coluna Conexão C no Brasil News em março de 2007 e, de maio a outubro de 2008, foi editor-interino do jornal. Do fim daquele ano, até outubro de 2010, foi editor e co-fundador do blog OiToronto.

Mais em: Lazer

Receba as novidades do blog por email

Digite seus dados abaixo para assinar nosso boletim e receber todas as novidades do blog em sua caixa postal. É de graça e você pode se descadastrar a qualquer momento.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Posts Populares

Topo